Conheça tudo sobre a utilização da Toxina Botulínica

Postado em

A utilização da Toxina Botulínica se tornou muito popular a partir do ano de 2002, e com o passar dos anos é um verdadeiro sinônimo de beleza e glamour. Desta forma é importante saber que a primeira empresa a conseguir utilizar a toxina com a finalidade estética foi a marca Botox, ficando mundialmente conhecida e se tornando o nome popular do procedimento.

Para que fique claro a sua utilização e quais as principais diferenças em seu processo, nós do Blog Instituto Novva, preparamos um conteúdo com a finalidade de te ajudar a entender e esclarecer as suas dúvidas referentes a este processo.

A melhor maneira de entender a sua aplicação pode se dar através da sua utilização, assim é sempre importante saber quem pode fazer o processo, qual a idade indicada e qual a finalidade.

Hoje não existe uma idade mínima para a utilização da Toxina Botulínica, entretanto é importante sempre ter bom senso quanto a sua aplicação. Pessoas com mais de 25 anos, são as mais indicadas para realizar o procedimento, mas sempre com atenção às indicações do profissional responsável quanto às áreas. Estas aplicações precoces vão prevenir o aumento das linhas e evitar sulcos profundos com o passar do tempo. Isso significa que, quanto antes iniciar, melhor!

Os locais mais indicados na estética são: Rugas de expressão (ficar bravo, preocupado, pé de galinha, rugas na testa, rugas entre os olhos), ficando claro assim que os principais locais para a sua utilização são a região da glabela (entre os olhos), periorbitais (pé de galinha) e na testa. Já para fins terapêuticos, a Toxina é utilizada para tratamentos de Bruxismo e cefaleias (dores de cabeça).

Dentre os casos que não podem fazer a aplicação da Toxina Botulínica encontram-se:

  • Pessoas que tenham sensibilidade a Toxina;
  • Que tenham alergia aos componentes da fórmula;
  • Que estejam fazendo uso de antibióticos no dia da aplicação;
  • Grávidas ou lactantes;
  • Pessoas com flacidez excessiva.

E para finalizar vamos a nossa comparação chave: quando se deve fazer preenchimento com Ácido Hialurônico e quando Toxina Botulínica?

Hoje ambos são os procedimentos mais utilizados quando o assunto é Harmonização Facial, além de serem aplicados no combate ao envelhecimento da pele e na prevenção das rugas de expressão, ambos têm suas funções distintas, mas se somam no resultado final.

Diferente da Toxina Botulínica, o Ácido Hialurônico é uma substância que já se encontra presente em nosso corpo, porém devido ao passar do tempo e o nosso envelhecimento, cada vez menos esta substância é produzida, resultando assim na perda do volume e da estrutura da face e também o surgimento de rugas e sulcos, tornando assim sua aplicação essencial, para a redução e devolução destas perdas.

A Toxina Botulínica age relaxando a musculatura, prevenindo rugas e as já presentes. Tornando assim a aplicação conjunta do Ácido Hialurônico e a Toxina Botulínica o melhor procedimento.

E aí, gostou do nosso conteúdo? Então sempre é bom lembrar que a utilização de qualquer um dos produtos, deve ser feita somente após a avaliação de um especialista!

 

Agende seu horário agora e faça uma avaliação com nossos especialistas. Clique aqui para conversar com nossa equipe de atendimento.

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.