Saiba tudo sobre o sorriso gengival e veja como é possível tratá-lo rapidamente

Postado em

Sorriso Gengival é quando grande parte da gengiva superior fica exposta ao sorrir. Não causa risco à saúde do paciente, o único problema pode ser o desconforto estético. O cirurgião dentista Dr. Marco Aurélio Corrêa explica que o excesso de gengiva pode comprometer a harmonia do sorriso de acordo com os padrões de simetria facial. Atualmente existem diversas técnicas para tratar o sorriso gengival, aqui explicamos um pouco dos procedimentos utilizados. Sempre lembrando que a decisão da melhor técnica a ser aplicada só pode ser tomada após uma consulta do paciente ao dentista.

Aplicação de botox: Simples e rápido, a toxina botulínica é injetada pelo cirurgião dentista nos pontos que realizam a elevação do sorriso, aliviando a expressão e realizando a assimetria desejada. Nas primeiras 48 horas após a aplicação já é possível observar os efeitos da toxina, mas somente após duas semanas é que o tratamento terá efeito completo. Em média os resultados da aplicação duram de 4 a 8 meses, quando uma nova aplicação é necessária.

Gengivectomia: Indicado para casos mais acentuados, onde a correção dos sorrisos gengivais é feita através de um simples processo plástico cirúrgico. Neste procedimento o cirurgião dentista remove o excesso da gengiva que acompanha o contorno dos dentes. Não há pontos ou cicatrizes, a recuperação é normalmente muito rápida. Existem casos que é necessário conciliar a gengivectomia com a correção de dentes, clareamento dentário, entre outras técnicas para deixar o sorriso mais harmônico. Em outros casos é preciso realizar uma cirurgia para remodelar o osso ou também para fazer um novo contorno dos dentes com lentes de contato em porcelana.

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.