Saiba mais sobre a mordida cruzada

Postado em

Um problema que pode ser muito prejudicial ao seu sorriso é a mordida cruzada. Ela é super comum, atingindo muitas pessoas: é um desencontro entre os dentes da arcada superior e os da arcada inferior. Entre os exemplos mais comuns, estão os dentes superiores quando ficam em uma posição mais pra dentro em relação aos inferiores, conhecido como prognatismo, deixando o queixo com uma proeminência pra frente.

A mordida cruzada pode trazer diversos malefícios para a saúde bucal, como promover um desgaste irregular e excessivo dos dentes, perda óssea, bruxismo, fratura e perda de dentes, retração gengival e problemas nas ATM (articulação temporomandibular). Isso reflete no desenvolvimento da fala, na mastigação e até na respiração. Geralmente, ela tem razões genéticas, mas também pode ser ocasionada por fatores externos, como o hábito de chupar o dedo ou chupeta, uso prolongado de mamadeiras, perda precoce de dentes, entre outros.

Para corrigir essa situação, é necessário um tratamento ortodôntico. O uso de aparelho deve ser realizado o quanto antes, podendo ser fixos ou móveis, dependendo da gravidade de cada caso. Em quadros mais severos, talvez seja necessária alguma intervenção cirúrgica, além do uso do aparelho ortodôntico.

No entanto, existe a possibilidade de o problema passar despercebido, pois pode ser mascarado por dentes aparentemente alinhados, mas que se deslocam de maneira incorreta durante a mastigação. Então, além de observar bem o seu sorriso, visitas regulares ao dentista colaboram com diagnósticos precoces e, consequentemente, tratamentos e resultados serão mais assertivos e rápidos.

 

 

 

 

 

Créditos destaque

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.