Remoção do dente de siso

Postado em

Tem gente que chama de dente do juízo, já que ele só dá as caras pela adolescência – aquela idade em que a pessoa precisa começar ter juízo na vida. Brincadeiras à parte, o siso é também chamado de terceiro molar e quando nasce parcialmente ou torto pode atrapalhar toda a harmonia do sorriso e trazer problemas de saúde.

A recomendação da American Dental Association é que pessoas entre 16 e 19 anos tenham seus dentes de siso avaliados por profissionais e, caso necessário, removê-los. Quanto mais tarde essa remoção acontecer, mais os dentistas encontrarão dificuldades, com raízes mais desenvolvidas, e possibilidades de complicações.

Se nada for feito, problemas podem aparecer, como infecções. Os dentes lá do fundão são mais difíceis de manter limpos, de alcançar com a escova e passar o fio dental. Isso pode trazer dor e inchaço, e obrigar o paciente a ter seu siso retirado. Entre outros motivos para extração dos terceiros molares estão o bloqueio do nascimento deles por ossos ou outros dentes, a inclinação sob a gengiva e o aumento da probabilidade de problemas na gengiva dos dentes próximos.

Complicações podem acontecer, como cistos, que podem causar dano permanente aos ossos, dentes e até aos nervos. O importante é visitar seu dentista e ficar com os dentes de siso em dia.

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.