Os piores hábitos que estragam os seus dentes

Postado em

Não é só escovar os dentes, usar fio dental e visitar o dentista periodicamente. É importante também saber o que pode atrapalhar a sua saúde bucal. Alguns hábitos comuns precisam ser observados com cuidado para que não se tornem um problema para o seu sorriso. Confira abaixo:

Abrir embalagens com os dentes
É comum mas nem por isso é legal. A força excessiva utilizada pode estressar a estrutura dos dentes, fraturando e trincando os dentes. Melhor ter ao alcance das mãos qualquer outra ferramenta, como uma tesoura.

Morder tampas e pontas de canetas
Normalmente você nem percebe que tem esse hábito. Em momentos de estresse ou concentração, a caneta é levada à boca quase que por instinto, triturando o plástico com os dentes sem se dar conta do estrago. Isso até parece aliviar a tensão emocional na hora, claro, mas o prejuízo realmente não vale a pena. Além do risco de quebrar algum dente, ainda pode forçar a musculatura da mastigação com movimentos repetitivos, causando dores e disfunções musculares e articulares

Roer as unhas
Quem já roeu ou ainda rói as unhas sabe que esse gesto aparentemente inofensivo é uma válvula de escape para situações de estresse e tensão. Só que esse atrito repetitivo pode provocar lascas e fraturas nos dentes com mais facilidade, além de contribuir para a retração da gengiva e problemas na raiz do dente. Ainda, o estresse causado pelo ato de roer as unhas pode piorar dores musculares entre as têmporas e mandíbulas.

Palitar os dentes
Essa prática tão popular deveria, na verdade, ser completamente abolida. O palito traz mais prejuízos do que vantagens para a limpeza dos dentes. O atrito que ele provoca pode gerar perdas substanciais de estrutura dental, desgastando o esmalte, além de machucar a gengiva, retraí-la e expor a raiz dos dentes. Somente o fio dental pode ser utilizado para fazer a limpeza entre os dentes de forma confiável e segura.

Consumo frequente de algumas bebidas
Que café, vinho e refrigerante estão nessa lista não é novidade. O problema de consumir essas bebidas reside nos corantes presentes em cada uma delas. Tanto o café como o vinho podem, com o tempo, deixar os dentes com um aspecto envelhecido e escurecido, manchando os dentes. No caso de refrigerantes e outras bebidas açucaradas, além de sucos ácidos, podem acabar com tecidos importantes para a proteção dos dentes, como o esmalte e a dentina, deixando-os expostos e mais sensíveis

Cigarros
Esse aqui é óbvio, todo mundo sabe mas não é por isso que vamos deixar de falar. Aliás, fumar não é um bom hábito para a saúde de uma maneira geral. Os dentes, que ficam em contato direto com as substâncias tóxicas expelidas pela fumaça do cigarro, sentem em primeira mão os efeitos negativos. Entre as péssimas consequências estão diminuição da vascularização dos tecidos moles que envolvem os dentes, diminuindo sua capacidade de nutrição e proteção, além de doenças periodontais graves e outros problemas.

 

 

 

 

 

Woman photo created by freepik – www.freepik.com

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.