Limite entre saúde e estética

Postado em

Um sorriso lindo, do jeitinho que você sempre desejou, pode ser mais do que um sonho. Isso tem a ver com autoestima, com a maneira com que nos vemos e nos apresentamos ao mundo, com segurança em nós mesmos. Procedimentos estéticos, sejam em qualquer parte do corpo, tem seus riscos, prós e contras. Nós aqui do Instituto Novva podemos falar da área odontológica, dos benefícios de valorizar a face, que é o cartão de visitas de todo ser humano.

Porém, é importante sempre lembrar de que estética e saúde têm limite. O bom senso, por definição, é um conceito estritamente ligado a noções de sabedoria e razão. Ele é responsável pela capacidade média que alguém possui de se adequar à realidade. A questão é que nem todo mundo pode confiar cegamente no seu. Às vezes, queremos o mesmo sorriso de um artista, por exemplo, o que não significa que seja adequado e harmonioso para o nosso rosto.

Existe um limite que, se ultrapassado, pode trazer um resultado nada natural, totalmente forçado. Não levar em conta as características de cada paciente na hora de realizar um procedimento odontológico vai contra os princípios da profissão, além de atingir em cheio a singularidade da pessoa. Afinal, somos únicos e merecemos ser tratados dessa forma.

A estética odontológica não é apenas uma questão de vaidade, mas também de saúde. Quando um procedimento é feito de forma inadequada ou quando o paciente é mal orientado, o que era para ser a solução de um problema estético pode se tornar uma incomodação. Por isso, quando estiver morrendo de vontade de realizar algum procedimento estético no rosto e no sorriso, procure profissionais qualificados, sérios e com experiência. São cuidados como esse que fazem toda a diferença no resultado final. A equipe do Instituto Novva fica à disposição para avaliações e acompanhamentos. Faça uma visita!

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.