Higiene bucal redobrada durante o distanciamento social

Postado em

A gente já sabe as regras básicas para se manter longe do coronavírus e, claro, manter todos mais seguros também. A melhor forma de prevenir é praticando alguns hábitos de higiene todos os dias: Lavar as mãos com água e sabão por pelo menos 20 segundos, antes e depois de qualquer contato físico; usar álcool gel em lugares que você não pode lavar as mãos; evitar aglomerações e respeitar a quarentena – não saia de casa à toa!

Um outro hábito que não pode ser esquecido é o de praticar uma boa higiene bucal. Deve ser uma tarefa diária, com três horários, no mínimo, dedicados à ela no nosso dia. Ainda, quem está no meio do processo de restauração ou tem lentes de contato, por exemplo, os cuidados devem ser redobrados.

Confira abaixo o essencial para manter sua boca saudável:

– Escolha muito bem a escova de dentes, sendo que as mais macias são as melhores para evitar qualquer machucado na gengiva ou desgaste do esmalte dos dentes. A cabeça da escova deve ser arredondada, porque temos que alcançar os cantos mais escondidos, como a parte de trás dos últimos dentes.

– Pasta de dente é o produtos que mais tem opções nas prateleiras. O ideal é escolher uma que contenha flúor na sua fórmula, o que ajuda no controle do tártaro. E não precisa colocar muito na escova não! A quantidade ideal é do tamanho de um grão de ervilha.

– Para uma escovação super eficiente, divida sua boca em quatro partes (superior direito e esquerdo, inferior direito e esquerdo) e escove cada uma por 30 segundos. Não tenha pressa. Uma limpeza completa leva por volta de dois minutos. Faça movimentos de vai e vem sem colocar muita força e velocidade para não machucar a gengiva. Para finalizar, não se esqueça de escovar a língua levemente.

– Fio dental não é luxo: é necessidade. Mesmo nos dias de preguiça, ele não pode ser esquecido, já que também evita o acúmulo de placa bacteriana. Corte aproximadamente 40 cm de fio, enrole nos dedos médios e use os polegares para deslizar suavemente entre os dentes e nunca use uma mesma parte do fio para limpar dois espaços diferentes. Cuidado para não pressionar e machucar a gengiva.

– O enxaguante bucal é o toque final na escovação. Escolha algum com flúor na fórmula e prefira o bochecho ao gargarejo, já que engolir enxaguante por acidente pode ser prejudicial à sua saúde. Depois de cuspir, não lave a boca com água para não minimizar o efeito.

– Assim que esse período de isolamento acabar, procure o seu dentista para um bom check up e uma limpeza, e ouça muitos elogios dele por conta dos seus cuidados com o sorriso!

 

 

 

 

Woman photo created by freepik – www.freepik.com

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.