Evitando o mau hálito

Postado em

Mau hálito não é brincadeira. E, infelizmente, é algo bem comum quando certos cuidados não são tomados. Muitas são as causas, como má higiene bucal, inflamação nas gengivas, alguns alimentos (como alho ou salame, por exemplo), bebidas alcoólicas, café e cigarros. Ou ainda quando se tem a boca seca por conta do uso de alguns medicamentos específicos ou problemas respiratórios.

Para prevenir ou corrigir a halitose (sim, o popular “bafo” tem nome de doença…) algumas atitudes podem ser tomadas:

– Escove bem os dentes, mas sem esquecer de limpar a língua também.
– É essencial passar o fio dental todo dia, melhor ainda se for na última escovação, antes de dormir.
– Finalizar o processo de limpeza com um antisséptico bucal é uma beleza, mas dê preferência aos que não contém álcool na fórmula.
– Quem usa aparelho ou dentadura: atenção redobrada com a higiene, ok?
– Visite seu dentista periodicamente para revisão e limpeza dos dentes. Placa bacteriana em excesso não pode!
– Se após uma boa higiene o mau hálito persistir, procure um médico: a causa pode ser mais séria, até um problema no sistema digestivo.
– Faça refeições a cada quatro horas, preferindo alimentos com fibras. Isso estimula a produção de saliva.
– Beba água, muita água. No mínimo dois litros por dia, ajudando na hidratação do organismo e da boca, prevenindo a formação da placa bacteriana.
– Até o estresse pode causar mau hálito, então procure relaxar. Que tal praticar algum exercício ou alguma atividade de lazer que te traga bem-estar.

Cuidados

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.