Doenças que a primavera traz

Postado em

A época do ano que as flores desabrocham pode ser linda demais, mas também tem seus inconvenientes. Junto com a primavera, chegam algumas doenças que a mudança de temperatura e a polinização das flores, entre outros fatores, podem provocar. Confira abaixo algumas desses problemas sazonais e também dicas pra curtir a primavera com mais saúde e disposição.

– Conjuntivite: o pólen das flores pode causar irritações nos olhos. Mantenha sempre os olhos limpos e lave eventualmente com soro fisiológico.

– Rinite alérgica: o pólen é vilão aqui também, irritando as vias aéreas, e aqui recebe um nome específico: febre do feno. As mudanças climáticas também colaboram com irritação nas mucosas nasais e na garganta. O melhor é beber muito líquido, como água e sucos de frutas naturais.

– Catapora, rubéola e sarampo: primavera é a época que esses vírus começam a se proliferar, já que o clima começa a esquentar, e as infecções ficam mais frequentes. A dica é vacinação, principalmente das crianças.

– Dengue: ah o mosquitinho maldito que adora um tempinho mais quente! O verão é top pra ele, mas na primavera é que os primeiros casos tendem a surgir, principalmente nas regiões mais chuvosas. Aqui, o que vale é não deixar água parada, prontinha pra receber o mosquito.

– Alergias: elas podem se manifestar de diversas formas, como coceiras na pele, olhos vermelhos… Sentiu algo diferente? Corre pro médico e tome medicação antialérgicas para controlar esse mal que, em casos graves, podem causar fechamento da garganta até parada respiratória.

– Asma: a mudança do clima pode estimulá-la, causando falta de ar, tosse, chiado ao respirar e um cansaço infernal.

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.