Consequências da perda de um dente

Postado em

A ausência prolongada de um ou mais dentes pode trazer prejuízos que vão além da questão estética. Obviamente, o que sentimos primeiramente é o baque na autoestima, aquela vergonha de sorrir e colocar a mão na frente da boca. Porém, a saúde também é vítima da falta de dentes.

A digestão é afetada, já que ela inicia na boca. Como cada dente tem sua função, perder um deles já atrapalha e muito. A comida pode chegar mal digerida até o estômago, dando um trabalho maior pra ele. Isso compromete a absorção adequada dos nutrientes, além do óbvio problema digestivo.

Continuando no assunto “alimentos”, a falta de dente obriga a pessoa a selecionar o que come, deixando de lado aquilo que exige maior esforço da mastigação. Isso também impacta na saúde do organismo, onde alimentos saudáveis podem deixar de ser consumidos.

Há ainda a possibilidade da perda óssea, já que com a queda o corpo entende que aquela estrutura do osso não tem mais necessidade de existir. Assim, com o tempo, a massa óssea é absorvida e, caso o paciente deseje colocar um implante, provavelmente será necessária a realização de enxerto.

Outras consequências negativas são a dicção prejudicada, gengiva machucada, deslocamento dos dentes vizinhos e até mudança na fisionomia, entre outros. Se esse problema surgir, procure um dentista o quanto antes.

Nossos profissionais, aqui do Instituto Novva, ficam à disposição para conhecer o seu caso e escolher, junto a você, o tratamento mais adequado.

 

Consequências da perda de um dente

 

 

 

 

Créditos:

Foto destaque.

Foto matéria.

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.