Botox e exercícios físicos

Postado em

A aplicação de botox (como é conhecida a toxina botulínica) é um bálsamo de juventude, sendo utilizada para reduzir linhas de expressão incômodas, além de marcas e rugas causadas pela ação do tempo. Também é indicado em tratamentos que combatem dor de cabeça crônica, assimetria facial e ainda pode ser utilizado como prevenção de marcas de passagem do tempo.

Mesmo que beleza e exercício físico costumem ser parceiros, no caso do botox a relação pode não ser assim tão harmoniosa. Isso porque quem pratica exercícios de alta intensidade, como crossfit, musculação ou corrida, não faz esforço somente com o corpo. Durante a prática, é comum fazermos caretas por fazermos força ao levantarmos peso, o que fica parecendo uma “fisioterapia” no músculo paralisado. Isso faz com que o padrão da musculatura volte mais rápido à sua origem.

Além disso, há uma aceleração do metabolismo. Essa combinação trabalha contra a duração dos efeitos de paralização dos músculos da face em que a toxina foi aplicada, tornando-a duas ou até três vezes menor do que seria normalmente.

Não que o botox não seja recomendado para quem pratica atividades físicas de alto impacto, mas somente que aqueles retoques periódicos necessários (que normalmente são realizados a cada seis meses) sejam mais frequentes.

Ficou na dúvida? Passe no Instituto Novva e converse com um dos nosso profissionais.

 

 

 

 

 

Background photo created by senivpetro – www.freepik.com

  • Compartilhar

0 Comentários

Deixe um comentário

Seu e-mail não ficará visível.